Participantes

2016

Dia 21/Out

Cantus Firmus - Música Medieval e Renascentista (Convidado)

regente
Regente
Jefferson Bittencourt

Jefferson Bittencourt, criador do grupo, é diretor teatral e músico graduado pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Transita na direção de teatro, cinema e música, tendo sido premiado nas três áreas em editais e festivais pelo país. Responsável pela direção do grupo Cantus Firmus, é um dos fundadores da Camarim – Escola de Arte, onde ministra aulas de música e teatro.

Informações do Grupo
 Fundado em 2003, em Florianópolis, o Cantus Firmus realiza uma séria pesquisa sobre a música medieval e renascentista. Surgiu pela necessidade de suprir a falta de grupos brasileiros especializados no repertório da música antiga e traz aspectos sonoros instigantes para aqueles que pouco conhecem da origem da música ocidental. Procura embasar suas interpretações em intensos estudos sobre os manuscritos da época e sobre outros grupos de renome internacional. O objetivo é trazer à população uma prática musical mais fiel ao que pode ter sido a música de então.
     Seu foco principal é o repertório vocal e busca, na execução das linhas melódicas e na articulação do texto, um aprimoramento da interpretação da música medieval (1125 a 1300) e de todo o período renascentista (1400 a 1550). O grupo já se apresentou em diversos espetáculos, festivais e eventos no Ceará, Minas Gerais, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Gravou o CD “Missa Brevis – Música Sacra da Idade Média e do Renascimento” (2011) e o DVD “Madrigali d’Amore” (2014), ambos pelo Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura.

Associação Coral de Imbituba

regente
Regente
Helenca Dalbosco Gonçalves

Tem como regente desde o fim de 2014 a imbitubense Helena Dalbosco. Iniciada nos estudos musicais aos cinco anos de idade, aos 16 ingressou no curso de música – bacharelado em piano da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), na Capital, onde foi bolsista e aluna do regente e educador musical Sérgio Figueiredo. Depois de trabalhar com o coral da instituição por dois anos, integrou o Polyphonia Khoros como cantora, de 2009 a 2011. Foi regente da Associação Coral Sant’ana de Mirim, de Imbituba, durante dois anos

grupo
Informações do Grupo
   Presidida por Rui Pittigliani Prates, a Associação Coral de Imbituba conta com 22 anos de existência e 23 vozes: oito sopranos, quatro contraltos, sete tenores e quatro baixos. Em 2000, participou do CD “Açorianas”, com a canção “Tributo à Baleia Franca”, de Lourenço Luiz Di Pietro. Em 2009, conquistou o segundo lugar na Classe B1, durante o encontro da Liga Cultural Artística do Alto Uruguai.

Tons de Luz

regente
Regente
André Franzoni Alexandre

Bacharel em violão pela Universidade do Estado Santa Catarina – UDESC. André Franzoni possui ampla experiência como violonista regente e professor. Dirige atualmente o Coral dos Bancários Coral dos Correios e Coral Atrás da Nota de Florianópolis e o Coral do CEAFIS. Na regência tem se dedicado a música renascentista música sacra e a música brasileira. Como solista foi selecionado no V Seminário de Violão de Itajaí em 2012 para abrir o Show do Duo Siqueira Lima realizou seu recital de formatura no mesmo ano com obras de Bach Villa-Lobos e Torroba. André também é Licenciado em Música pela UDESC e Pós-graduado em Regência Coral pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo – UNASP. Em 2013 foi um dos contemplados no Prêmio Elisabete Anderle de Incentivo a Cultura com o Duo Soler (violão e violino) ao lado do violinista Luiz Fernando São Thiago. Em 2015 participou da comemoração do aniversário do Polyphonia Khoros regendo o prestigiado grupo do qual já foi assistente de regência a música Maria (folclore da ilha de Santa Catarina) com arranjo de sua autoria e a música Rosa de Pixinguinha.
Nome das músicas/Compositor:

grupo
Informações do Grupo

O Coral do CEAFIS iniciou suas atividades no ano de 2015 sob a direção do Regente André Franzoni Alexandre após a experiência de muisicalização infantil realizada no ano anterior na mesma entidade. O grupo é formado de crianças provenientes das comunidades do Chico Mendes Monte Cristo e Procasa. O CEAFIS atende crianças em situação de vulnerabilidade social com um projeto de educação integral no contra-turno escolar numa proposta de educação através dos valores humanos universais.

Coral Canto da Serra

joed-jeffer-ferreira-de-melo
Regente
Joed Jeffer Ferreira de Melo

Bacharelado Regência Musical, Formação Musical em Teoria Musical e Solfejo; · Bacharel em Administração; · Extensões Universitária em Cursos de Regência de Orquestra, Coral e Prática Instrumental; · Pós Graduado em Marketing; · MBA – Gestão em Projetos · Cursando último período em Licenciatura em Música. Possui trabalhos sociais já executados em : · Projeto Vita-E, Aulas musicais gratuitamente para crianças carentes dos bairros dos municípios do Planalto Serrano; · Concertos aberto ao público nas Escolas Estaduais de São Joaquim, Urubici, Urupema, Lages, Rio Rufino, Bom Retiro e Bom Jardim da Serra. · Oficinas Gratuitas de Canto Coral nos municípios concentrados na região Sul de Santa Catarina; · Apresentações Culturais no Alto Vale do Itajaí e Região da AMURES. · Apresentações e Concertos abertos ao público com o Coral e Orquestra Sinfônica de Lages no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Atualmente atua como: · Professor e Regente do Coral Municipal Cantos da Serra do município de Urupema; · Professor da Escola de Música e Regente do Coral da Orquestra e Orquestra Sinfônica de Lages; · Regente Coral Martin Luther da Comunidade de Confissão Luterana em Lages; · Professor e Regente da AOSV (Associação Orquestra Sinfônica de Vacaria – RS); · Diretor Artístico Projeto Itinerante Orquestra Sinfônica de Lages; · Regente do Coral Institucional Flex Call Center na Unidade de Lages; · Professor e Regente de Técnica Vocal e Musicalização no município de Correia Pinto/SC.

grupo
Informações do Grupo

O grupo de Canto Coral Cantos da Serra conta atualmente com 25 componentes. O Grupo possui um repertório bem variado com mais de 20 peças musicais contendo músicas sacras, eruditas, populares, tradicionalista e várias apresentações já realizadas, onde destacam-se Formatura Faculdade da Uniasselvi, Festa na Localidade da Bossoroca, Cedro e Cedrinho, Aniversário do Município de Urupema, Concerto de Inverno, Festa de Santa Ana, Encontro de Corais em Catuíra – Alfredo Wagner, Festa no município de Capão Alto, V Encontro de Corais na Assembléia Legislativa de Santa Catarina (ALESC), Formatura do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) Campus Avançado Urupema,Concerto do Coral & Orquestra Sinfonica de Lages,Concerto Lemniscata, entre outras

Coral-Escola Florianópolis

regente
Regente
Daniel Cardoso Junior

Daniel Cardoso Junior, pianista e cantor, é formando do curso de graduação em piano (bacharelado) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC – 2016/02). Entre 2011 e 2013 foi maestro titular do coral da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) do campus de Curitibanos – quando este grupo tornou-se o Coral Municipal da cidade de Curitibanos, em 2014, manteve-se à frente do coral e desenvolveu, como professor e diretor, o projeto Coral-Escola Curitibanos, patrocinado pelo Programa Voluntariado Banco do Brasil. Em 2014 foi selecionado para participar do 1o Festival Coral de Campos do Jordão, promovido pela Fundação Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), no quesito Regência.

grupo
Informações do Grupo

O Coral-Escola Florianópolis foi criado no início de 2016 e conta com a participação de 40 crianças de 7 a 14 anos. Além das atividades de canto coral, as crianças têm aulas de piano ou violão, flauta doce, técnica vocal, prática em conjunto, teoria e percepção musical. As atividades ocorrem no Centro Comunitário do Pantanal, às segundas e quintas. Assim, todas as crianças participantes têm 10 horas/aulas por semana de atividades musicais. O projeto é uma realização de Daniel Cardoso Jr, patrocinado pelo município de Florianópolis, com apoio da empresa Eletrosul.

Grupo Vocal do Corredor

grupo
Informações do Grupo

O Grupo Vocal do Corredor foi criado em 2015 com a intenção de reunir alunos dos cursos de música da Universidade Federal de Pelotas interessados em canto coral, com ênfase em música popular e a capela. Por, a princípio, não ser um grupo que se enquadra ou pertence a um único curso, mas que reúne colegas das variadas habilitações em música oferecidas pela UFPel, apelidamos a trupe de ‘Grupo Vocal do Corredor’, remetendo ao quinto andar do Centro de Artes desta Universidade, o qual reúne os bacharelados em música desta Instituição. Atualmente com doze membros, se transformam em cantores alunos dos cursos de Flauta, Ciências Musicais, Composição, Piano, Violão, Música Popular e Canto. O grupo tem perfil colaborativo e ensaios semanais, sendo as peças do repertório sugeridas pelos próprios participantes e estudadas em conjunto. Os encontros têm caráter aberto, e são convidados a participar do grupo aqueles colegas dispostos a compartilhar experiências e vivências musicais, independente de seu repertório padrão e de seu adiantamento no curso; tornando a iniciativa interdisciplinar em sua essência. Desde a sua criação, o Grupo já participou de eventos promovidos pelo Centro de Artes, Conservatório de Música de Pelotas e Associação do Theatro Sete de Abril. Componentes: Amanda Oliveira, Brenda Lazzarotto, Daniel Carnales, Fernanda Miki, Jaqueline Krumreich Bartz, Marcelo Mendonça Schuch, Marilia Piovesan, Mayara Araujo, Murilo Corrêa, Paulo Henrique Sevidanes, Vasco Jean Azevedo e Yarana Borges.

Coral do Ensino Médio da Escola Waldorf Anabá

regente-rafael-steckel-camorlinga
Regente
Rafael Steckel Carmolinga

Iniciou seus estudos musicais aos 7 anos na Escola Anabá. Teve aulas de canto, flauta doce, contralto e tenor com Francisca Cavalcanti. Ainda na escola se interessou pela flauta baixo, saxofone e violão. Formou-se em música na UDESC, onde estudou canto coral com Kleber Alexandre e regência com Sérgio Figueiredo, tendo inclusive sido seu bolsista no Coral da UDESC. Estudou canto com Francisca Cavalcanti e Meca Vargas, ambas pela escola do Desvendar da Voz. Morou em Recife, onde pesquisou ritmos nordestinos além de dar aulas regulares de música em escolas a alunos de 1º ao 9º anos. Participou tocando sax e flauta tranversal em grupos musicais de diferentes estilos, como Reggae, Ska, Samba, Chorinho, Rock, Forró, entre outros.

Informações do grupo

O canto coral faz parte do currículo pedagógico do ensino médio nas escolas Waldorf, e conta com a participação das turmas do 9º ao 12º (9º ano do ensino fundamental, 1º, 2º e 3º anos do ensino médio). Tem como objetivos além do fazer musical, a socialização, atividade em grupo, proporcionar consciência respiratória e de postura e articulação. Desenvolver o trabalho de dinâmica e expressões como metáfora para sentimentos e vivências que o jovem nesta idade convive constantemente. Em 2016 a escola Anabá iniciou seu ensino médio, e em Março foi fundado o Coral do Ensino Médio da Escola Waldorf Anabá. Conta atualmente com a participação de 46 alunos, entre 14 e 16 anos, e 3 professores convidados. Fez uma única apresentação na festa anual da Escola, evento aberto onde são apresentadas algumas atividades desenvolvidas na escola. Os ensaios do coral acontecem uma ver por semana e são conduzidos pelo professor de Música da escola, Rafael Camorlinga. O repertório é escolhido de acordo com a proposta da Pedagogia Waldorf, valorizando a cultura de nosso país, trazendo canções de outras regiões do mundo, e de diferentes credos.

Coral Vozes de Outono

REGENTE
Célia Cortez

Licenciada em Educação Musical – Universidade Estadual do Ceará – UECE •Licenciada em Letras – UECE •Bacharel em Piano – UECE •Pós-Graduada em Língua Portuguesa – Lato Sensu EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL : •Estudo de Cantos com a cantora Suzel Freire , em Campinas São Paulo e com Natércia Lopes, em Domingos Martins em Espírito Santo •Aposentada pela Universidade Estadual do Ceará – Departamento de Letras e Música em 1997. •Regente: Coral Vozes de Outono, Arte em Canto e Igreja Prebiteriana da Aldeota.Diretora Musical e solista do “SHOW DA VIDA” e “JANELAS DA VIDA”

grupo-1
Informações do Grupo

O Grupo Vocal do Corredor foi criado em 2015 com a intenção de reunir alunos dos cursos de música da Universidade Federal de Pelotas interessados em canto coral, com ênfase em música popular e a capela. Por, a princípio, não ser um grupo que se enquadra ou pertence a um único curso, mas que reúne colegas das variadas habilitações em música oferecidas pela UFPel, apelidamos a trupe de ‘Grupo Vocal do Corredor’, remetendo ao quinto andar do Centro de Artes desta Universidade, o qual reúne os bacharelados em música desta Instituição. Atualmente com doze membros, se transformam em cantores alunos dos cursos de Flauta, Ciências Musicais, Composição, Piano, Violão, Música Popular e Canto. O grupo tem perfil colaborativo e ensaios semanais, sendo as peças do repertório sugeridas pelos próprios participantes e estudadas em conjunto. Os encontros têm caráter aberto, e são convidados a participar do grupo aqueles colegas dispostos a compartilhar experiências e vivências musicais, independente de seu repertório padrão e de seu adiantamento no curso; tornando a iniciativa interdisciplinar em sua essência. Desde a sua criação, o Grupo já participou de eventos promovidos pelo Centro de Artes, Conservatório de Música de Pelotas e Associação do Theatro Sete de Abril. Componentes: Amanda Oliveira, Brenda Lazzarotto, Daniel Carnales, Fernanda Miki, Jaqueline Krumreich Bartz, Marcelo Mendonça Schuch, Marilia Piovesan, Mayara Araujo, Murilo Corrêa, Paulo Henrique Sevidanes, Vasco Jean Azevedo e Yarana Borges.

Vocal 16 (Convidado Especial)

Regente
Paulo Santos

Paulo Santos, responsável pela direção geral, musical e arranjos, atuou como maestro e diretor musical em diversos grupos e corais de Brasília desde 1999. Em 2014, participou como ator, cantor e assistente de preparação vocal no espetáculo “Crazy for You”, com Claudia Raia, Jarbas Homem de Mello e direção de José Possi Neto, que recebeu o Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Musical do ano. Em março último, dirigiu e integrou a banda SetBlack no quadro “A Cappella” do programa “Domingão do Faustão” (Globo), sendo finalista. Desde 2015 é diretor musical residente e elenco principal do espetáculo internacional “Voca People, Turnê Brasileira”. Dirige e rege ainda o Coro Cênico Cant’atos e é professor oficialmente certificado da técnica de canto Belting Contemporâneo, do maestro Marconi Araújo. Músico multi-instrumentista especializado em violão e guitarra, tem conhecimento técnico em teclado/piano popular, baixo elétrico e percussão. Licenciado em música na Universidade de Brasília (UnB).

vocal-16
Informações do Grupo

Ensemble de 16 cantores que une a performance cênica à execução de arranjos ousados com um repertório eclético, o Vocal 16 foi fundado em 2001, em Brasília, sob a direção musical e arranjos de Paulo Santos. A primeira formação atuou por mais de dois anos pelo País, apresentando seus espetáculos e participando de shows, como o do cantor Ed Motta, a convite do próprio. Em 2015, o grupo retoma as atividades com novos integrantes, mas com o mesmo objetivo de fazer música vocal em formato ensemble, com arranjos complexos, movimentação/postura cênica e sonoridade de altíssima qualidade. Em agosto deste ano, com grande êxito, realizou o seu primeiro show, “Vocal 16”, no Teatro Marista da Capital Federal. A vinda para a Mostra de Corais de Florianópolis é a primeira viagem deste grupo.

A direção cênica e coreográfica é da cantora, atriz e produtora Ana Barreto. Sua trajetória artística começou aos quatro anos, no estudo do balé clássico. Na adolescência passou a se dedicar ao canto, participando de vários corais e grupos de Brasília. Cursou teatro e cinema e, em 2013, iniciou sua carreira como criadora e diretora cênica no Grupo Laugi Vocal. Dirigiu a montagem do musical “Mudança de Hábito” (2014) e o III Brasília Vocal (2015). Desde o ano passado atua como diretora artística e cantora swing do projeto “Voca People Brasil”. Como cantora e diretora da banda vocal SetBlack, também esteve no quadro “A Cappella”, no “Domingão do Faustão”.

Dia 22/Out

Coral da Orquestra Sinfônica de Lages, Orquestra Sinfônica de Lages e Coral Flex (Convidado)

joed-jeffer-ferreira-de-melo
Regente
Joed Jeffer Ferreira de Mello

Bacharelado Regência Musical, Formação Musical em Teoria Musical e Solfejo; Bacharel em Administração; Extensões Universitárias em Cursos de Regência de Orquestra, Coral e Prática Instrumental; Pós Graduado em Marketing; MBA/Gestão em Projetos; Cursando último período em Licenciatura em Música. Atualmente atua como: Prof. e Regente do Coral Municipal Cantos da Serra do município de Urupema; Prof. da Escola de Música e Regente do Coral da Orquestra e Orquestra Sinfônica de Lages; Regente Coral Martin Luther da Igreja Luterana em Lages; Prof. e Regente da Associação Orquestra Sinfônica de Vacaria/RS; Regente do Coral Institucional Flex Call Center na Unidade de Lages; Prof. e Regente de Técnica Vocal e Musicalização no município de Correia Pinto/SC.

grupo
Informações do Grupo

A Orquestra Sinfônica de Lages e Coral da Orquestra Sinfônica, por iniciativa da Associação, iniciou suas atividades em 2009, atendendo pessoas do município e região metropolitana na iniciação teórica e prática de diversos instrumentos musicais que compõem uma Orquestra e aulas de técnica vocal juntamente com o canto coral. Dada a dinâmica aplicada no processo ensino-aprendizagem, esta corporação musical vem tornando-se referência no município e o resultado deste trabalho, já pode ser observado em concertos e audições realizadas pelo grupo, trabalho este em que sua tendência é crescer e expandir suas ações cada vez mais, executando programas diversos e atendendo a comunidade local.

Associação Coral Santíssima Trindade

Regente
Miguel Philippi
grupo
Informações do Grupo

O Coral Santíssima Trindade surgiu no início da década de 90, transformado em Associação Coral Santíssima Trindade em 29/04/2002. Hoje o grupo tem por regente Miguel Philippi, e conta com 28 participantes. Os ensaios acontecem todas as terças e quintas feiras, nas dependências do Centro de Pastoral da Paróquia Santíssima Trindade. A Associação Coral tem participado de atos litúrgicos em Florianópolis, no interior da ilha de Santa Catarina em diversos municípios do estado, bem como eventos populares como Concertos de Natal, de Páscoa, Festivais e Encontros de Corais.

Coral Infanto Juvenil da Fundação Bradesco de Laguna

Regente
Fernando Ilibio

O regente Fernando Ilibio formou-se em teoria musical pelo Conservatório Lagunense de Música no ano de 1998 onde estudou piano e oboé. Lecionou música, oboé, teclado, instrumentos de sopro e canto coral em Imbituba, Urupema, Urubici, São Joaquim e Laguna. Participou de bandas como a do ator e cantor Rodrigo Faro, George Israel do Kid Abelha e Rodrigo Santos do Barão Vermelho. Como oboísta integrou a Orquestra Filarmônica de São Joaquim, Orquestra Sinfônica de Santa Catarina, Orquestra Sinfônica de Florianópolis, Amabile Quarteto de São Joaquim, Banda Sinfônica da Univalli, Quinteto Madeiras da Ilha de Florianópolis e foi aprovado na Orquestra de Câmara do Teatro Bolshoi em Joinville. Desde 2007, leciona música na Fundação Bradesco de Laguna.

Informações do Grupo

A Fundação Bradesco de Laguna apresenta o resultado da Musicalização na Escola, entre as ações pedagógico-multidisciplinares por onde passaram mais de centenas de jovens. Para a escola a música se constitui num elemento importante para estabelecer a harmonia pessoal, facilitando a integração e a inclusão social com uma cultura rica e digna. Ao longo dos anos, a Escola tem contribuído para a melhoria da qualidade de vida da comunidade, através da sua ação efetiva, do trabalho consciente e do incentivo ao desenvolvimento das potencialidades humanas. O projeto musical, criado em 2007, conta hoje com a participação de alunos nas seguintes oficinas: Banda Musical, Coral Infantil, Coral Infanto-Juvenil e Violão. Ambos oferecem conhecimento musical ao aluno desde a sua infância, já que este tipo de ambiente proporciona bem estar, melhorando sua concentração, auto-estima, sua relação social e também seu desempenho escolar. O Coral Infanto-Juvenil foi criado em 2009 e hoje é composto por 33 alunos. Dentre suas apresentações internas e externas, destacam-se: festas religiosas locais, Abertura da Semana da Pátria na Capitania dos Portos (2012 e 2013), Semana Acadêmica de Arquitetura e Urbanismo da UDESC – Laguna (2014 e 2016) e recentemente participou do 1º Encontro de Corais promovido pelo SESC – Laguna. O coral possui um repertório variado, predominando o popular, sendo escolhido de acordo com os eventos e temáticas. Compositores como: Lulu Santos, Roupa Nova, Toquinho, Jota Quest, Legião Urbana, Milton Nascimento, Benito di Paula, entre outros, fazem parte do repertório.

Coral Atrás da Nota de Florianópolis

regente
Regente
André Franzoni Alexandre

Bacharel em violão pela Universidade do Estado Santa Catarina – UDESC, André Franzoni possui ampla experiência como violonista, regente e professor. Dirige atualmente o Coral dos Bancários, Coral dos Correios e Coral Atrás da Nota de Florianópolis e o Coral do CEAFIS. Na regência tem se dedicado a música renascentista, música sacra e a música brasileira. Como solista foi selecionado no V Seminário de Violão de Itajaí em 2012 para abrir o Show do Duo Siqueira Lima, realizou seu recital de formatura no mesmo ano com obras de Bach, Villa-Lobos e Torroba. André também é Licenciado em Música pela UDESC e Pós-graduado em Regência Coral pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo – UNASP. Em 2013 foi um dos contemplados no Prêmio Elisabete Anderle de Incentivo a Cultura, com o Duo Soler (violão e violino) ao lado do violinista Luiz Fernando São Thiago. Em 2015 participou da comemoração do aniversário do Polyphonia Khoros, regendo o prestigiado grupo, do qual já foi assistente de regência, a música Maria (folclore da ilha de Santa Catarina) com arranjo de sua autoria e a música Rosa de Pixinguinha.

Grupo (1)
Informações do Grupo

Em outubro de 2004, o maestro André Franzoni Alexandre foi convidado para ensaiar um repertório de músicas natalinas com um pequeno grupo de aposentadas do Banco do Brasil em Florianópolis. O grupo de 6 mulheres fez muito sucesso entre as colegas presentes e surgiu a ideia de criar um coral. Então, desde março de 2005 o ensaio é realizado uma vez por semana na casa de uma das coralistas. Este grupo hoje tem vinte e oito participantes e é composto exclusivamente por mulheres aposentadas do Banco do Brasil, divididas em duas vozes: sopranos e contraltos. O Coral Atrás da Nota de Florianópolis tem se apresentado em eventos beneficentes, festividades natalinas e na AABB Florianópolis. Além disso, todos anos realiza ao menos um recital em teatro ou igreja com programação aberta a comunidade. Em 2011 e 2012 também participou do Encontro de Corais em Treze Tílias. Em 2013 apresentou a Cantata de Natal de Ronaldo da Silva e o musical Os Pássaros, composto de texto de André Franzoni e uma seleção de música popular brasileira.

Coral do Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima

regente
Regente
Manoela Saragoça Khalil

Manoela Saragoça Khalil é professora de música há 23 anos. Iniciou seus estudos musicais aos sete anos com o piano. Fez aulas de canto e participou de cursos de regência na Escola de Música e Belas Artes do Paraná com Samuel Kerr e no Instituto Presbiteriano Mackenzie em São Paulo com Henry Leck . É graduada pela UDESC. Também é compositora tendo a honra de assinar a letra e melodia do Hino do Colégio da Lagoa.

img_3242
Informações do Grupo

O Coral do Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima, com sede no bairro Estreito, em Florianópolis, iniciou suas atividades no ano de 2007, como Coro Infanto Juvenil. Na época, formado por estudantes de diversas turmas, o grupo abrilhantou a Feira da Esperança, no Centro Sul, a Celebração de Coroação de Nossa Senhora, no Santuário Nossa Senhora de Fátima e a Formatura do PROERD, no próprio Colégio. Entretanto, um dos eventos mais significativos em que o Coro participou foi a 1ª Feira Municipal do Livro de São José. Nesta ocasião, o grupo interpretou várias canções da MPB e emocionou a todos os presentes. A partir deste evento o Coral se consolidou como uma das referências do Colégio e se apresentou nos mais diversos espaços da cidade, sempre levando a alegria e o talento dos estudantes do Colégio. Chega ao seu décimo ano de atividades, sempre visando a evidenciar que a música é uma forma universal de comunicação e que é uma forma de concretizar todo o ideal salvatoriano de educação.

Coral UFPel

Regente
Carlos Alberto Oliveira

Carlos Alberto Oliveira é licenciado em música pela Universidade Federal de Pelotas onde atua como professor de regência e canto coral, lotado no Centro de Artes e Coordenador de Arte e Cultura da Pró-reitoria de Extensão e Cultura da UFPel. Ministrou cursos de educação musical em cidades do Rio Grande do Sul e Paraná. Realizou cursos de aperfeiçoamento em regência em Porto Alegre, Gramado, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro.

grupo
Informações do Grupo

O Coral da Universidade Federal de Pelotas, programa de extensão da Coordenadoria de Arte e Cultura da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura/UFPel, iniciou suas atividades em 1973, sob a regência do maestro Romeu Tagnin.. Desde junho de 2005 é regido pelo Prof. Carlos Alberto Oliveira e, a partir do ano de 2009 o Prof. Jonas Klug encarregou-se da preparação vocal. Desde sua fundação o Coral da UFPel vem se destacando na produção e divulgação da atividade coral na comunidade universitária, na cidade de Pelotas, no Estado e no País, participando ativamente de festivais e encontros, como: ECUG´s – Encontro de Coros Universitários Gaúchos, Festivais de Coros do Rio Grande do Sul, turnês artítisco-culturais, Solenidades Oficiais e Concertos Comunitários.

Grupo Cantante

savio-2
Regente
Luiz Sávio Monteiro de Almeida

O regente Luiz Sávio Almeida canta em grupos corais há mais de 30 anos, entre eles os corais do CEFET, Canto Vivo, Paraná Clube, Grupo Semeadores, Coral da Fraternidade e Vox Animae. Participou de inúmeras apresentações em eventos e formaturas e também em Cantatas de Natal sendo, em muitas delas, solista. Atua como regente do grupo desde sua criação e procura levar aos seus cantantes a alegria e o bem-estar proporcionados pela música, pois mexe com o corpo, com a mente e com a alma. Os arranjos das músicas apresentadas nessa noite são de sua autoria.

oficial-2
Informações do Grupo

Coral independente da cidade de Curitiba/PR, em julho completou 3 anos de atuação. É formado por pessoas apaixonadas por música e das mais diversas áreas profissionais (servidores públicos, profissionais da educação, empresários,…). Preza em seu repertório por canções populares, fazendo de seus ensaios e apresentações momentos de muita alegria, descontração e prazer pela música. É regido, desde sua criação, por Luiz Sávio Monteiro de Almeida.

Imperial Coro de Penedo

regente-valfrancis-batista
Regente
Valfrancis Batista

MAESTRO VALFRANCIS BATISTA Hoje atua como professor de artes cênicas, e professor de música, músico profissional, cantor, regente e preparador técnico do Imperial Coro do Penedo. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS: Ensaios periódicos três vezes por semana Dinâmica de Grupo. Técnica vocal Musicalização Teoria e solfejo Evolução Musical VIDA PARTICIPATIVA DOS ÚLTIMOS ANOS: Participação na Festa do Bom Jesus dos Navegantes de Penedo Festival de Tradições Populares de Penedo – Teatro Sete de Setembro Participação do Festival Nacional de Coros de Belo Horizonte-MG Participação na Noite siciliana- Semana da Musica em Maceió. Participação do Natal de Luz na cidade de Arapiraca Encontro de Penedense de Coros – Teatro Sete de Setembro Festival Internacional de Coros- Maringá-PR

imperial-coro-do-penedo
Informações do Grupo

Imperial Coro do Penedo, de Alagoas foi instituído para apresentar a cultura musical do Baixo São Francisco em festivais. Um coral independente que tem na sua estrutura formal 32 componentes, apresentando repertórios ecléticos dinâmicos com ênfase no nativismo nordestino. Um coral pequena empresa de produtores culturais exercitando ações ousadas inteirando um circuito musical em participações e realizações de Festivais, com dimensão internacional.

Madrigal Erechim

regente-1
Regente
Mauricio Castelli

MAURICIO CASTELLI é natural da cidade de Getúlio Vargas, Rio Grande do Sul. Iniciou seus estudos de canto coral e violoncelo em 1994 com os Maestros José Luis da Silva e Aldo Ademar Hasse. Atuou como professor de música e regente coral em diversas instituições de ensino público e particular no interior do Rio Grande do Sul. A partir do ano de 2000, fixou residência em Brasília aonde desenvolveu inúmeras atividades. Atuou como regente convidado, realizando uma série de concertos com o Coral da Universidade Católica de Brasília, e na mesma Universidade foi monitor dos cursos de violino, viola e violoncelo, flauta e teoria da música, atividades estas pertencentes ao Movimento Coral UCB, sob a direção do Maestro José Luis da Silva. Foi regente fundador do Coral e Orquestra Infanto-Juvenis do Centro Educacional Católica de Brasília (CECB), do Coral CGU/UNACON da Presidência da República, da Orquestra Gênesis da Igreja Assembléia de Deus e do Ministério de Música da Igreja Nova Apostólica de Brasília. No Distrito Federal teve a oportunidade de estudar Teoria da Música, Ritmo e Solfejo com Bohumil Med, Contraponto com Jorge Antunes e Regência Coral e Orquestral com Emílio de Cesar. De volta à sua terra natal a convite da Orquestra de Concertos de Erechim e da Prefeitura Municipal de Getúlio Vargas continua desenvolvendo intensa atividade musical a frente de grupos corais e orquestrais.

Informações do Grupo

O Madrigal de Erechim iniciou suas atividades em outubro de 2010, atendendo o anseio da Orquestra de Concertos de Erechim em realizar um repertório conjunto entre orquestra e coral. Desde então participou de vários concertos e encontros de corais em Erechim e região. A partir de 2013 passou a ser um grupo da Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Turismo de Erechim. O Madrigal tem a regência de Mauricio Castelli, a técnica vocal com professora Camila Medeiros e pianista Liliane Tramontini.

Nós e Vozes

regente-paulo-ibanez-kunzler-moreira
Regente
Paulo Sol

Músico compositor arranjador instrumentista desde 1968 Já fez parte DE vários grupos musicais e atualmente participa : – No grupo “Nós e Vozes” como Diretor Musical, coordenador, arranjador e napercussão vocal – No Coral da UFSC como instrumentista – No grupo “The Glasses” como contrabaixista arranjador e cantor – No grupo SERESTAR (serenatas) como coordenador, arranjador e cantor. É também proprietário e diretor do ESTÚDIO DE GRAVAÇÕES PAULO SOL

Informações do Grupo

O grupo NÓS & VOZES surgiu em 2004, criado por um grupo de amigos que tinham em comum o amor à música vocal e a vontade de criar e interpretar arranjos vocais com uma característica própria e com arranjos do fundador Paulo Sol. O grupo tem como proposta interpretar arranjos que contenham elementos de polifonia e percussão vocal. Embora vários integrantes toquem instrumentos musicais, o grupo tenta aproveitar esse conhecimento apenas para introduzir nos arranjos, elementos vocais que simulem instrumentos. O grupo atualmente tem 11 integrantes, incluindo o DIRETOR MUSICAL Paulo Moreira(Paulo Sol) O repertório é variado, com músicas escolhidas pela sua beleza e expressividade em relação à riqueza musical mundial, trazendo também temas musicais de programas de TV, filmes e jingles.

Dia 23/Out

Vocal 16 (Convidado)

Regente
Paulo Santos

Paulo Santos, responsável pela direção geral, musical e arranjos, atuou como maestro e diretor musical em diversos grupos e corais de Brasília desde 1999. Em 2014, participou como ator, cantor e assistente de preparação vocal no espetáculo “Crazy for You”, com Claudia Raia, Jarbas Homem de Mello e direção de José Possi Neto, que recebeu o Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Musical do ano. Em março último, dirigiu e integrou a banda SetBlack no quadro “A Cappella” do programa “Domingão do Faustão” (Globo), sendo finalista. Desde 2015 é diretor musical residente e elenco principal do espetáculo internacional “Voca People, Turnê Brasileira”. Dirige e rege ainda o Coro Cênico Cant’atos e é professor oficialmente certificado da técnica de canto Belting Contemporâneo, do maestro Marconi Araújo. Músico multi-instrumentista especializado em violão e guitarra, tem conhecimento técnico em teclado/piano popular, baixo elétrico e percussão. Licenciado em música na Universidade de Brasília (UnB).

vocal-16
Informações do Grupo

Ensemble de 16 cantores que une a performance cênica à execução de arranjos ousados com um repertório eclético, o Vocal 16 foi fundado em 2001, em Brasília, sob a direção musical e arranjos de Paulo Santos. A primeira formação atuou por mais de dois anos pelo País, apresentando seus espetáculos e participando de shows, como o do cantor Ed Motta, a convite do próprio. Em 2015, o grupo retoma as atividades com novos integrantes, mas com o mesmo objetivo de fazer música vocal em formato ensemble, com arranjos complexos, movimentação/postura cênica e sonoridade de altíssima qualidade. Em agosto deste ano, com grande êxito, realizou o seu primeiro show, “Vocal 16”, no Teatro Marista da Capital Federal. A vinda para a Mostra de Corais de Florianópolis é a primeira viagem deste grupo.

A direção cênica e coreográfica é da cantora, atriz e produtora Ana Barreto. Sua trajetória artística começou aos quatro anos, no estudo do balé clássico. Na adolescência passou a se dedicar ao canto, participando de vários corais e grupos de Brasília. Cursou teatro e cinema e, em 2013, iniciou sua carreira como criadora e diretora cênica no Grupo Laugi Vocal. Dirigiu a montagem do musical “Mudança de Hábito” (2014) e o III Brasília Vocal (2015). Desde o ano passado atua como diretora artística e cantora swing do projeto “Voca People Brasil”. Como cantora e diretora da banda vocal SetBlack, também esteve no quadro “A Cappella”, no “Domingão do Faustão”.

Coral Infantil do Colégio da Lagoa

regente
Regente
Manoela Saragoça Khalil

Manoela Saragoça Khalil é professora de música há 23 anos. Iniciou seus estudos musicais aos sete anos com o piano. Fez aulas de canto e participou de cursos de regência na Escola de Música e Belas Artes do Paraná com Samuel Kerr e no Instituto Presbiteriano Mackenzie em São Paulo com Henry Leck . É graduada pela UDESC. Também é compositora tendo a honra de assinar a letra e melodia do Hino do Colégio da Lagoa.

Informações do Grupo

Em março de 2014 foi fundado o Coral Infantil do Colégio da Lagoa como resposta aos anseios dos irmãos menores dos integrantes do Coral Infantojuvenil que queriam cantar também! Formado atualmente por 36 cantores com idades entre 4 e 6 anos, nossos pequenos soltam a voz e estreitam sua relação com a música a cada ensaio. Queremos que a paixão pelo canto se intensifique e que aos poucos se aperfeiçoe. A vibração, espontaneidade e alegria são marcas deste grupo.

Coral da UFSC

Regente
Miriam Moritz

Início aos 10 anos piano e canto coral Licencia em Música 1987UDESC Cursou flauta transversa/canto Tocou na Europa1990-1994 Prof Esc de Mús Compasso Aberto percep teoria flauta transversa e doce canto musicalização violão percussão 3 grupos vocais Entrando no Comp Língua Solta e Bocca Chiusa este até os dias atuais Conserv Mus de Fpolis Escola Superior de Mús Teatro Carlos Gomes Blumenau Coord oficina de mús Casa de Cultura Estácio de Sá Prof substi do Curso de Licenci em Mús UDESC coral/regência UNIPLAC Lages prof regência canto coral e prát artística Pósgrad em musicoterapia Mestre Literatura UFSC/MPB 1º lug concur Regente UFSC2004 Projetos Reconstruindo a Escuta do implantado coclear Canto p/ Comun do Caeira21 Música p/ Pessoas com Parkinson Coral OrquestradeCâmara Madrigal IniciaçãoaoCantoemGrupo

grupo
Informações do Grupo

Desde a sua criação, em 9 de janeiro de 1963, o Coral vem participando ativamente de diversos projetos artístico-culturais e de eventos promovidos pela comunidade universitária, apresentando um variado repertório musical de compositores brasileiros e internacionais. Ao longo de sua história, já passaram pelo Coral da UFSC mais de 3000 cantores, entre brasileiros e estrangeiros, alguns deles também integrantes de outros corais, que vêm buscar na Universidade a experiência de fazer coral. O Coral é formado por alunos, professores e funcionários da UFSC, bem como por pessoas da comunidade externa. O Coral da UFSC foi oficializado pelo reitor da UFSC, João David Ferreira Lima, quando da primeira apresentação do grupo, alguns dias após a sua criação, no dia 25 de janeiro, por ocasião da 1ª Concentração de Corais Universitários do Sul do Brasil, realizada no Teatro Álvaro de Carvalho, em Florianópolis. O regente fundador do Coral da UFSC, convidado para ensaiar o grupo para a sua estreia, foi o maestro Mário Garau, da Universidade Federal do Paraná. Logo em seguida, nesse primeiro ano de atividades, durante alguns meses, o Coral esteve sob a regência do então padre Agostinho Stähelin. Do segundo semestre de 1963 ao fim de 1996, o Coral teve como regente o compositor e maestro catarinense José Acácio Santana. De 1997 ao inicio de 2004, sob a regência da professora Maria Severina Borges Mendes, o Coral da UFSC ampliou o seu repertório e aperfeiçoou a sua técnica através de aulas intensivas de técnica vocal e de teoria musical. Desde maio de 2004, o Coral é coordenado pela regente Miriam Moritz que coordena novas atividades para a comunidade, como o Grupo de Canto para Iniciantes e os projetos de extensão cultural Madrigal e Orquestra de Câmara da UFSC. No ano de 2015 o coral da UFSC preparou um repertório alusivo aso 70 anos de nascimento da intérprete brasileira Elis Regina. Este ano o tema está sendo 100 Anos do samba.

Coral Grito

img_9305
Regente
Jéssica Daussen

A regência é de Jéssica Daussen, formada em técnica vocal pela Sol Maior Escola de Música, onde hoje é professora de técnica vocal, teoria musical e harmonização, além de maestrina do seu coral. Também leciona as mesmas disciplinas no Cineart Espaço de Artes e canta músicas em cerimônias no Grupo Alliance. Cantora, atriz e preparadora vocal da Cia. Grito de Teatro e do Coral Grito.

img_9262
Informações do Grupo

O Coral Grito surgiu em 2011 exclusivamente para participar do concurso de corais do extinto programa “TV Xuxa”, na Rede Globo. O grupo catarinense de São José venceu a disputa e com a fama empreendeu uma turnê de dois anos pelo Brasil, participando inclusive de shows da banda Roupa Nova. No momento possui 14 integrantes de 16 a 27 anos, que interpretam um repertório totalmente voltado à performance teatral, envolvendo danças e dinâmicas corporais para efeito visual. Sua inspiração vem diretamente dos musicais, pois é um projeto criado dentro da Cia. Grito de Teatro, onde todos os integrantes praticam dança, canto e interpretação.

Coral da Faculdade Municipal de Palhoça (FMP)

regente
Regente
Najla Elisângela dos Santos

graduação em Pedagogia Universidade Federal de Santa Catarina. Especialista em Regência Coral com Capacitação em Docência – UNASP; em Música Ritual pela FACCAMP e Mestre em Educação Musical pela UDESC. ATUAÇÃO PROFISSIONAL; É professora/regente na Faculdade Municipal de Palhoça (FMP) Regente do Coral São João Evangelista em Biguaçu e professora de música litúrgica na Paróquia São Francisco de Assis em Palhoça. Atua como regente de corais adultos e infantis há aproximadamente 15 anos.

Informações do Grupo

O coral foi fundado em março de 2012 e é formado por alunos do programa de extensão da maturidade, estudantes dos cursos de graduação e comunidade em geral. Atualmente possui 40 integrantes. Apresenta-se principalmente nos eventos promovidos pela Faculdade e Prefeitura Municipal de Palhoça. No repertório constam principalmente canções populares nacionais e internacionais.

Coro Studio Ravena

14424039_897249900408605_287422205_o
Regente
Ricardo Moritz

Formado em Bacharelado em Música – Piano/UDESC,também formou-se Técnico em Regência Coral pela ETEC/SP.É Pianista Titular da Orquestra Sinfônica de Santa Catarina -OSSCA. Atuou na Regência nos Corais da Serte,Coro Lírico da OSSCA, Coral Elias Mafra (Igreja Presbiteriana do Estreito) e está atualmente na direção musical e regência do Coro Studio Ravena. Está trabalhando na conclusão da composição: “Segunda Fantasia para Piano, Orquestra e Coro”.

coro
Informações do Grupo

O grupo iniciou suas atividades em 2009, e vêm atuando em apresentações, casamentos e grandes eventos no cenário musical catarinense. Com formação camerística,o Coro Studio Ravena tem a proposta de apresentar música lírica e popular de diversos compositores e tem como características,a inovação e variedade do seu repertório,o talento individual de seus componentes e a improvisação vocal. Objetivando fugir da concepção tradicional de 4 naipes (soprano/mezzo/tenor e baixo),o grupo se destaca pela sua desenvoltura vocal interpretando arranjos corais com até 10 linhas. O Coro Studio Ravena idealiza um modelo de apresentação com elementos cênicos, recursos sonoros diferenciados e estilo próprio, o que estabelece identidade e dinamismo em suas performances, atraindo o público em geral. Dentre os trabalhos do grupo, se destacam a gravação do Hino Municipal de São Bonifácio, juntamente com a Orquestra Sinfônica de Santa Catarina – OSSCA, a gravação em CD de uma missa composta pelo compositor Josef Warmuth (inédita), e as apresentações no Congresso Nacional dos Consumidores da Celesc e no Espaço Cultura, na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina – FIESC.

Coral InfantoJuvenil do Colégio da Lagoa

regente
Regente
Manoela Saragoça Khalil

Manoela Saragoça Khalil, a regente, é professora de música há 23 anos, tendo iniciado seus estudos aos sete, no piano. Graduou-se pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), fez aulas de canto e participou de cursos de regência na Escola de Música e Belas Artes do Paraná, com Samuel Kerr, e no Instituto Presbiteriano Mackenzie, em São Paulo, com Henry Leck. Compositora, assina a letra e a melodia do Hino do Colégio da Lagoa.

grupo
Informações do Grupo

O Coral Infantojuvenil do Colégio da Lagoa foi fundado em março de 2008, sob regência e coordenação da professora Manoela Saragoça Khalil. Tem como objetivo principal oportunizar aos alunos um espaço para a prática do canto, de forma leve e contagiante. Atualmente, conta com 36 integrantes com idades entre sete e 12 anos que, ao final de cada ano, apresentam-se aos familiares, amigos, professores e funcionários. Em 2013, o grupo gravou um CD em comemoração aos 15 anos do Colégio.

Coral Portal do Sol

regente
Regente
Débora Machado

Com formação em música pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Débora Machado canta profissionalmente em eventos, bares e cerimônias desde 1987. É professora de técnica vocal, de musicalização do EIC e regente do Portal do Sol. Desde 2011, é cantora e diretora cênica do show “Pérolas Musicais” e integra o grupo de choro e samba Portal do Choro. Eleita melhor intérprete do Concurso de Marchinhas de Carnaval de São José em 2014 e 2015 e de Florianópolis em 2014. Foi cantora da Banda de Lá por 10 anos, diretora artística do grupo Viva Voz, diretora musical da Cia. Grito de Teatro e regente do Coral Grito. É diretora artística da Mostra de Corais de Florianópolis desde o ano passado.

 

grupo
Informações do Grupo

Fundado há 20 anos no Educandário Imaculada Conceição (EIC), em Florianópolis, o Coral Portal do Sol valoriza a cultura catarinense, incluindo compositores locais com especial atenção em seu repertório. O coro apresentou-se em importantes eventos na cidade e fora dela, destacando-se a canonização de Santa Paulina, no Vaticano; o Bazar da Organização das Nações Unidas, na Áustria; e os festivais de música de Belo Horizonte. Tem quatro CDs gravados, um deles a convite de Edino Krieger para o seu projeto “Rondas Infantis”. Os integrantes, todos ingressados muito pequenos no grupo, dividem-se entre crianças de oito a 10 anos e ex-alunos já adultos.

Coral Vozes da Saúde

regente
Regente
Fernando De Carli

Fernando De Carli é graduado em música pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e estudou com professores de renome nacional e internacional. É assistente de regência, preparador vocal e solista do Polyphonia Khoros e preparador vocal e cantor do grupo de música medieval e renascentista Cantus Firmus. Atua também em trabalhos de duos de câmara com Alexandre Dietrich e Guilherme Amaral. Participou do Estúdio Vozes e de todas as edições do espetáculo “Vozes da Primavera”, sob coordenação de Rute Gebler, sendo regente preparador do coro e solista do especial de 20 anos, em 2015. Neste ano, frequentou o curso de regência do maestro sueco Per Ekedahl e o V Opera Studio de Recife. Já subiu em palcos do Brasil, Argentina, Estados Unidos e Uruguai.

grupo
Informações do Grupo

Formado em 2015 para participar da 1ª Mostra de Corais de Florianópolis, o Coral Vozes da Saúde é composto por cantores de três grupos distintos, dirigidos pelo maestro e barítono lírico catarinense Fernando De Carli: a Associação Coral Hospital Florianópolis, em atividade desde 1996 e sob seus cuidados desde 2001; o Coral do Imperial Hospital de Caridade, que atua desde 2008 e recebe orientação do maestro De Carli desde 2012; e o Grupo Vocal Rytmos-per-Cy, fundado em 2014.

Os três seguem o método de trabalho de seu regente, que não estabelece limite de idade; não seleciona cantores, somente classifica a voz; e não exige conhecimento prévio de música, técnica vocal ou canto coral, apenas a vontade de aprender e o prazer de cantar em grupo. Para a Mostra deste ano o repertório é composto exclusivamente de músicas catarinenses.

Coral São João Evangelista

regente
Regente
Najla Elisângela dos Santos

A regência é de Najla Elisângela dos Santos, graduada em pedagogia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), especialista em regência coral com capacitação em docência pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), em música ritual pela Faculdade Campo Limpo Paulista (Faccamp) e mestre em educação musical pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Professora e regente do Coral da Faculdade Municipal de Palhoça (FMP), também leciona música litúrgica na Paróquia São Francisco de Assis, na mesma cidade. Dirige corais adultos e infantis há cerca de 15 anos.

Informações do Grupo

Com o objetivo de formar cantores litúrgicos, o Coral São João Evangelista foi fundado em abril deste ano, em Biguaçu (SC). Além do repertório composto por canções sacras e apropriadas a missas e demais celebrações, os participantes frequentam aulas de liturgia, música e canto litúrgico, técnica vocal e teoria musical. O atual presidente é Marcos Antonio da Silva e o tecladista Eduardo Pauli.

Madrigal da UFSC

regente
Regente
Miriam Moritz

Início aos 10 anos piano e canto coral Licencia em Música 1987UDESC Curso flauta transversa/canto Tocou na Europa1990-1994 Prof Esc de Mús Compasso Aberto percep teoria flauta transversa e doce canto musicalização violão percussão 3 grupos vocais Entrando no Comp Língua Solta e Bocca Chiusa este até os dias atuais Conserv Mus de Fpolis Escola Superi de Mús Teatro Carlos Gomes Blumenau Coord oficina de mús Casa de Cultura Estácio de Sá Prof substi do Curso de Licenci em Mús UDESC coral/regência UNIPLAC Lages prof regência canto coral e prát artística Pósgrad em musicoterapia Mestre Literatura UFSC/MPB 1º lug concur Regente UFSC2004 Projetos Reconstruindo a Escuta do implantado coclear Canto p/ Comun do Caeira21 Música p/ Pessoas com Parkinson Coral OrquestradeCâmara Madrigal IniciaçãoaoCantoemGrupo

Informações do Grupo

O Projeto, Madrigal da UFSC, tem por objetivo fomentar e difundir a música vocal, proporcionando aos músicos em potencial, que compõe o corpo estudantil desta universidade, espaço para desenvolver seus potenciais artístico-musicais. O projeto também visam divulgar a música erudita e popular, através de apresentações e com isso incentivar a formação e a cultura local; incentivar sua participação no processo de interação entre Universidade e Sociedade; aprimorar o processo de ensino-aprendizagem através do envolvimento de estudantes em atividades de extensão; O projeto Madrigal da UFSC teve início em junho de 2009. Podem fazer parte do madrigal pessoas da comunidade universitária e da comunidade em geral. Os estudantes de graduação da UFSC recebem mensalmente uma bolsa de extensão direcionada a alunos de graduação. O Madrigal da UFSC é constituído por 10 alunos da instituição e tem como objetivo desenvolver e divulgar a música vocal, erudita e popular cantadas em sua maioria à cappela.

Patrocínio
Apoio cultural
Realização